Sistema de fluxo contínuo da Bianchini é implementado em tempo recorde

Às 19h do último sábado, enquanto foliões pulavam e dançavam nos blocos de carnaval da praia do Cassino, litoral sul gaúcho, entrava em operação o novo sistema de controle da Balança de Fluxo Contínuo da Bianchini, processo que controla o fluxo de deslocamento dos produtos e matéria-prima transportados internamente e para cargas de navios da unidade de Rio Grande. Iniciada na tarde da sexta-feira, dia 24/02, a posta em marcha da solução foi executada em menos de 40h, tempo muito abaixo dos cinco dias que haviam sido projetados. Esta marca, um recorde em relação ao tempo médio de implementação, é produto da sinergia entre os especialistas da Altus e a equipe de operação da Bianchini, que trabalharam dia e noite para deixar o sistema operando de forma plena.

A solução aplicada utiliza algumas das principais famílias de produtos da Altus, como os controladores programáveis da Série Nexto e o Supervisório SCADA/HMI BluePlant, para controlar de forma precisa os mais de 150 motores que fazem parte do processo. O sistema implementado no último final de semana potencializa a capacidade de gestão operacional, entregando precisão, agilidade e completo monitoramento da logística interna da fábrica.

A Bianchini

Com sede em Porto Alegre, a Bianchini é uma empresa nacional de capital fechado que atua no ramo industrial de extração de óleos vegetais, produção de farelos e biodiesel a partir do processamento da soja. A companhia possui duas fábricas localizadas nas cidades de Canoas e Rio Grande, no Rio Grande do Sul, que, juntas, têm capacidade de processar até 1,5 milhão de toneladas anualmente. Além disso, a empresa dispõe de um terminal marítimo e 11 postos de recebimento para armazenagem e distribuição de grãos espalhados pelas sete macrorregiões do estado.