Colaboradores Altus apresentam palestras e estudos sobre novas tecnologias

A ligação da Altus com o meio acadêmico é longo, vem de berço, e a crença de que o laboratório e a sala de aula são os ambientes mais propícios para gerar inovação e desenvolvimento tecnológico faz com que este vínculo se torne cada dia mais forte. Esta semana, um time de especialistas da empresa esteve em diferentes cidades no Brasil e no Paraguai falando sobre tecnologias emergentes e a maneira que elas vêm mexendo com o mercado e com a realidade cotidiana. Os principais assuntos abordados durante as apresentações giraram em torno da Indústria 4.0, Segurança Cibernética e Redes Industriais.

A rodada de palestras iniciou com a participação da empresa na Semana Acadêmica dos Cursos de Engenharia da Ulbra, no campus de Canoas, cidade localizada na região metropolitana de Porto Alegre. Na oportunidade, o coordenador de marketing Augusto Hafemeister pode falar sobre novas tecnologias, a interação total possibilitada pela ascensão da Indústria 4.0, a evolução dos controladores programáveis nas últimas três décadas, além de apresentar a Altus e seus casos de sucesso mais recentes para os cerca de 80 estudantes que lotaram um dos auditórios da universidade. Na mesma semana, uma palestra com os mesmos tópicos foi apresentada para 50 alunos do curso de mecatrônica da IFSul, unidade de Novo Hamburgo/RS.

No mesmo instante, cerca de 800 km a noroeste d’ali, em Ciudad del Este, no Paraguai, os engenheiros Leandro de Souza e Rafael Lima, especialistas que fazem parte do time Altus há mais de 10 anos, exibiam seus estudos durante o XVII ERIAC, Encuentro Regional Iberoamericano Del CIGRÉ. Seminário internacional de maior relevância na região Ibero-americana, o encontro reuniu especialistas do setor elétrico para exposição de novas tecnologias e troca de experiências. Os trabalhos apresentados tiveram como tema a Segurança Cibernética Direta nos IEDs, conduzido por Lima, e o Processamento Distribuído em Redes IEC 61850 – Resultados em SEs Diversas de Distribuição, com autoria de Souza.

Estes e outros movimentos recentes da Altus junto ao meio acadêmico, como as parcerias com UFRGS, Ulbra, UVA, Senai, Instituto Federal e outras instituições de ensino, reforçam o laço entre empresa e academia, dupla que pode colocar o Brasil novamente na rota do desenvolvimento.