Utilização de Base de Dados com BluePlant

O Acesso a Bases de dados é fundamental em diversos sistemas corporativos e industriais. Os bancos de dados são utilizados para armazenar valores de grandezas, dados de usuários, dados de produtos, pedidos, planos de produção e diversos outros tipos de dados.

No mercado de automação, os bancos de dados são utilizados para inúmeras finalidades, em diversos níveis da pirâmide de automação, e não somente em sistemas de gestão com PIMS, MES, BI, ERP, etc.

Neste contexto o acesso a banco bases de dados é uma funcionalidade fundamental em softwares SCADA para automação de plantas industriais. Estes softwares trabalham naturalmente com bases de dados para armazenar as informações relacionadas à supervisão, alarmes, eventos, etc. Contudo existem ferramentas que permitem manipular quaisquer bases de dados através das aplicações criadas nos softwares SCADA. Sendo assim é possível que estes sistemas interajam diretamente com outros sistemas da companhia acessando seus bancos de dados ou fornecendo dados do processo industrial para os níveis gerenciais.

O BluePlant é um software SCADA que possui todos estes recursos de acesso a banco de dados. Estas funcionalidades permitem armazenar, consultar dados nativos do processo de supervisão e controle, mas também acesso a banco de dados para propósitos em geral. Este documento trata de acesso a banco de dados, utilizando como exemplo uma ferramenta de gerenciamento de banco de dados nativa do BluePlant. 


Descrição

Este documento tem como objetivo esclarecer a utilização do recurso de base de dados em um projeto com o software SCADA BluePlant. Será utilizado neste exemplo de projeto um banco de dados nativo do BluePlant, sem a necessidade de aquisição e instalação de um banco de dados comercial além da instalação do próprio BluePlant. 

O projeto irá manipular uma base de dados criada no gerenciador do banco para demonstrar a possibilidade de manipulação de bases de propósito geral.


Definição da Arquitetura de Referência

Material Utilizado no Exemplo

Para a execução deste sistema foram utilizados os seguintes softwares:

  • Tatsoft Databuilder 4.0
  • BluePlant versão 2012.1.66


Criando a Base de Dados

Para criar uma base de dados, deve-se utilizar o software Tatsoft Databuilder 4.0, instalado em conjunto com o BluePlant.

Não será descrito aqui o processo de instalação e autorização de funcionamento do software BluePlant. Considera-se que o mesmo já esteja instalado, configurado e funcionando perfeitamente em um computador.

O Software BluePlant utilizado no desenvolvimento abaixo é de versão 2012.1.66.


Nova Base de Dados

Neste capítulo, será abordada a criação de uma base de dados utilizando o software Tatsoft Databuilder 4.0, que está instalado no seguinte caminho: C:Program FilesAltusBluePlantp-2012.1TatsoftDataBuilder.exe

Após executar o programa, o usuário deverá criar uma nova base de dados, a partir do menu "File" e logo em seguida, "New DataBase", conforme mostra a Figura 1:

 

Figura 1. Nova Base de Dados

Após, a janela Create Database será apresentada ao usuário, solicitando que o mesmo preencha os campos "Database Name" e "Password", no primeiro campo deve ser selecionado o local em que o arquivo da base de dados será salvo e o seu nome, que no caso foi usado BPDataBase. O preenchimento do segundo campo é opcional e para esse exemplo foi utilizado como senha bpdata. Concluída a edição, o usuário deve clicar em "OK" para prosseguir com a criação da base de dados ou "Cancel" para interromper o processo.

 

Figura 2. Criando uma Base de Dados

A seguir, o usuário deverá criar as tabelas necessárias em sua base de dados, para isso deve selecionar o item "Tables" na treeview, então clicar com o botão direito do mouse sobre este, abrindo o menu de contexto apresentado na Figura 3.

 

Figura 3. Adição de Tabelas na Base de Dados

Deve ser selecionada a opção "New Table", que abre a janela apresentada na Figura 4, onde deve ser preenchido o nome que será dado à tabela no campo "Table Name", que para o exemplo foi usado VI.

 

Figura 4. New Table

O próximo passo é a criação das colunas desta tabela. Para isso, o usuário deve selecionar o item "Columns" na treeview, então clicar com o botão direito do mouse sobre este, abrindo o menu de contexto apresentado na Figura 5.

 

Figura 5. Adição de Colunas

Deve ser selecionada a opção "Add New Column", que abre a janela exibida na Figura 4, onde serão apresentadas as colunas criadas para esta tabela, o campo "Column Name" deve ser preenchido com o nome que será dado à coluna, o campo "Column Type" refere-se ao tipo de dados desta coluna.


Figura 6. Alter Table - Columns

Para adicionar novas colunas, pressione o botão (), após concluir a edição, para salvar e fechar esta janela pressione o botão ().

Neste exemplo foram criadas quatro colunas, nomeadas como C1, C2, C3 e C4, todas do tipo inteiro (Int).

Após finalizada a edição da base de dados esta pode ser fechada através do menu "File" com a opção "Close Database".

 

Figura 7. Fechamento da Edição


Criando um Projeto com o BluePlant

Ao executar o software BluePlant é aberto um ambiente de gerenciamento dos projetos. Neste é possível editar projetos existentes, atualizar licenças ou criar novos projetos. Para a criação de um projeto novo deve-se selecionar a opção "New Project...", que abrirá opções de configuração do projeto a ser criado, como apresentado na Figura 8.

 

Figura 8. Gerenciador de Projetos BluePlant – New Project

O campo "Name" deve ser preenchido com o nome que se deseja dar ao projeto, no caso foi escolhido TesteDataBase, então o usurário deve clicar em "Create New Project" para que o projeto seja criado e aberto para edição, ou "<


Edição do Projeto no BluePlant

Após aberto o ambiente de edição de projetos do BluePlant, o usuário deverá criar as Tags necessárias para este projeto. Então deve clicar na opção "Edit", no item "Tags" e então na aba "Objects", como apresentado na Figura 9.

 

Figura 9. Adicionando Tags ao Projeto

Então deve ser preenchida a coluna "Name" com o nome da variável e a coluna "Type" com o tipo de dado que a variável terá, após para a adição da Tag é necessário dar um comando de "Enter" com o teclado. No exemplo foram criadas as Tags C1, C2, C3 e C4 do tipo AnalogInt e a Tag Trigger do tipo Digital.


Configuração do Banco de Dados do BluePlant

O próximo passo é a configuração do banco de dados, na opção "Edit", no item "Datasets" e então na aba "DBs", como apresentado na Figura 10.

 

Figura 10. Configuração da Base de Dados

Na caixa de seleção "Avaliable Providers" devesse-se selecionar a opção "TatsoftDB 4 direct connection" e clicar em "Create New..." que abrirá a seguinte janela.

 

Figura 11. Janela Create new Database Connection

O campo "Name" desta janela deverá ser preenchido com o nome dado para a base de dados criada anteriormente no software Tatsoft Databuilder 4.0, após deve ser clicado em "OK" para continuar a adição do banco de dados ou "Cancel" para interromper o processo.

Após, a base de dados será adicionada como uma linha na tabela de edição da base de dados, clicar na coluna "ConnectionString" e na opção "Data Source" colocar o caminho em que a base de dados criada no software Tatsoft Databuilder 4.0 foi salva.

 

Figura 12. ConnectionString

Neste momento o usuário deverá se logar como administrador, clicando no ícone apresentado na Figura 13, o campo "Username" deve ser preenchido com Administrator e o campo "Password" fica vazio.

 

Figura 13. Opção de Longon no Projeto

Depois de efetuado o logon, o campo "LogonPassword" da linha de edição da base de dados pode ser preenchida com a senha criada para esta, no caso bpdata.


 Figura 14. Edição da Senha da Base de Dados

Assim, para verificar se a conexão com a base de dados está funcionando, clicar novamente no campo "ConnectionString", Figura 12, e clicar no botão "Test", estando tudo certo é apresentada a mensagem da Figura 15.

 

Figura 15. Edição da Senha da Base de Dados

Com a conexão funcionando, o próximo passo é editar as tabelas através da aba "Tables", cujas opções são apresentadas na Figura 16.

 

Figura 16. Edição de Tabela

O campo "Name" se refere ao nome que será dado a tabela dentro do software BluePlant, para o exemplo foi usado VI. No campo "DB" deve ser selecionada a base de dados adicionada nos passos anteriores e em "TableName" deve ser selecionada a tabela criada no software Tatsoft Databuilder 4.0.

Clicando na coluna Mapping, apresentada na Figura 16, a janela a seguir é aberta, nesta é feita a configuração para vincular as tags adicionadas no projeto do BluePlant com as colunas da tabela criada no software Tatsoft Databuilder 4.0.

 

Figura 17. Janela Edit Dataset Mapping

Por último, a coluna "Access" deve ser configurada como Unrestricted.

 

Figura 18. Edição do Acesso da Tabela


Edição de Tela

Agora o usuário terá de editar a tela em que será acessada a base de dados quando o projeto estiver em execução, para isso basta clicar no menu "Draw".

 

Figura 19. Edição da Tela da Base de Dados

A seguir, serão apresentados e configurados cada um dos itens utilizados e numerados na Figura 19, após a inserção do item na tela, deve ser dado um duplo clique com o botão esquerdo do mouse para que seja aberta a janela de configuração do mesmo.

O item numerado com 1 na tela é do tipo DataGrid Window (),que deve ser configurado conforme apresentado na Figura 20, para que seja possível relacionar o objeto gráfico com a base de dados. Este objeto exibirá os dados gravados na base de dados.

  

Figura 20. Janela DataGridWindow Configuration

O objeto numerado com 2 na tela é do tipo Button (), as configurações devem ser feitas conforme a figura abaixo. Este botão tem como finalidade atualizar os dados da base de dados dentro da DataGrid.

 

Figura 21. Janela Dinamics Configuration Button

O item de número 3 é do tipo Textbox () e suas configurações devem estar conforme a figura abaixo para relacionar o valor a ser escrito nesta caixa com uma das Tags do projeto. O dado colocado neste campo será escrito na coluna referente à Tag configurada.

Uma configuração semelhante deve ser colocada para os outros campos TextBox do lado esquerdo da tela.

 

Figura 22. Janela Dinamics Configuration TextBox

O item de número 4 é do tipo Button (). As configurações deste item são apresentadas na Figura 23. Ao pressionar este botão os dados dos Textbox do lado esquerdo são escritos em uma nova linha da tabela da base de dados utilizando o comando Insert.

 

Figura 23. Janela Dinamics Configuration Button

O objeto numerado com 5 é do tipo Textbox (). As configurações devem ser executadas conforme a Figura 24, com o objetivo de relacionar a Tag configurada com sua referida coluna na base de dados, para que sejam apresentados os dados lidos.

Os outros objetos TextBox do lado direito da tela devem ser configurados de forma semelhante, só alterando a Tag utilizada.

 

Figura 24. Janela Dinamics Configuration TextBox

O item numerado com 6 na tela é do tipo Button (), suas configurações devem ser feitas conforme a figura abaixo. Ao pressionar este botão, é feita a leitura da primeira linha da tabela da base de dados, cujos dados serão apresentados nos Textbox do lado direito, isto é feito utilizando o comando Select.

 

Figura 25. Janela Dinamics Configuration Button

O item 7 na tela é do tipo Button (). Suas configurações devem ser inseridas conforme a Figura 26. Ao pressionar este botão, é feita a leitura da próxima linha da tabela da base de dados, através do comando Next, os dados serão apresentados nos Textbox do lado direito.

  

Figura 26. Janela Dinamics Configuration Button


Executando a Aplicação

Depois de adicionados todos os itens da tela, para executar o projeto, selecionar, no menu "Run" a opção "Startup" e pressionar o botão "Run Startup" que irá iniciar o Run time onde a aplicação pode ser testada.

 

Figura 27. Seleção da Execução do Projeto

 

Figura 28. Projeto em Execução


ARQUIVO BAIXAR
Projeto Português

Ficou com dúvidas? Então clique no botão abaixo e fale com a gente!

ENVIE SUA DÚVIDA

Esta publicação foi relevante para você? Avalie o material para que possamos continuar melhorando.

Clique para gravar a avaliação
Gostou? Então compartilhe



Assine nossa newsletter e saiba tudo sobre automação!

Receba novidades sobre o mercado da automação, nossas soluções e as ações mais recentes envolvendo a Altus diretamente no seu e-mail.