BluePlant - Exportação de histórico de alarmes em PDF

Descrição 

Este tutorial visa auxiliar o usuário a desenvolver uma aplicação com o sistema supervisório BluePlant, em que ele poderá gerar um arquivo PDF com o histórico de alarmes da sua aplicação.

Para a realização deste tutorial é importante que o leitor já tenha conhecimentos básicos sobre o software.

Também será preciso ter instalado a impressora para gerar arquivos em PDF.


1. Criação de tags

O primeiro passo é criar 2 tags. Uma que será usada para setar um valor numérico e outra que será usada para desenvolver o arquivo PDF.

 


2. Configuração dos alarmes

Agora vá em Alarms e na aba Items e configure da seguinte maneira:

 

Quando o valor da tag temperatura ficar maior que 10 o alarme será ativado e exibirá a mensagem "Alta".


3. Configuração do Dataset

Agora vá em Datasets e na aba Query. Crie uma nova query com o banco de dados AlarmHistorian, que é o banco de dados nativo do BluePlant para histórico de alarmes. O comando "Select * from Alarms" irá mostrar tudo que há disponível na tabela Alarms.

 


4. Configuração do Reports

Vá em Reports e crie uma tag. Em SaveFormat selecione PDF e em SaveFileName configure para {relatório}.pdf.  {relatorio} se refere à tag relatório que foi criada inicialmente neste tutorial do tipo Text.

 

Agora vá na aba TextEditor e então em Tag e vincule a query que foi criada anteriormente.

 

 

Clique em OK.


5. Primeira execução do programa

O BluePlant não gera nenhum banco de dados enquanto não for executado pelo menos uma vez. Para isso vamos executar a aplicação uma primeira vez para vermos as colunas que a tabela do AlarmHistorian gerará.

Vá em Run e então em Startup. Por fim clique em Run Startup.

 

Após executar a aplicação apenas clique no X no canto superior direito da tela.

 


6. Verificação da tabela AlarmHistorian

Com a primeira execução finalizada, volte em Edit, Datasets. Dê um clique sobre AlarmHistorian e então clique em DB Admin.

 

Na janela que se abrirá clique em Query, digite o comando SQL "select * from Alarms" e pressione F5.

 

Na parte inferior da janela é possível ver todas as colunas disponíveis que são criadas dentro do Alarms. Neste tutorial iremos utilizar apenas 3, sendo elas: TagName, ActiveLocalTime e Value. Para ver todas opções basta utilizar a barra de rolagem na horizontal na parte inferior da janela.


7. Criação da tabela de exibição do histórico

Volte em Reports, em TextEditor. Crie uma tabela com 2 linhas e 3 colunas.

 

Configure as células da tabela da seguinte maneira:

 

Os valores preenchidos na primeira linha da tabela são fixos. Os valores da segunda linha da tabelas são variáveis conforme o processo transcorrer. Como a "tag" {Dataset.Query.Query1} está acima desta tabela, o vínculo entre ambas está correto. 

Ainda acrescentaremos o código {Server.Now}. Esse comando irá mostrar a data e hora local.


8. Criação da tela

Para visualizar o documento que será criado, vá em Draw e crie um Report Viewer

 

Com ele criado, dê um clique simples sobre ele e no canto esquerdo configure a tag "histórico" para estar vinculada com esse componente.

 

Agora, esse componente exibirá o que foi configurado lá em Reports.

Para gerar o documento, ainda é preciso criar algum evento que gere ele. Para isso criaremos um botão na tela e configuraremos ele assim:

 

Agora para finalizar, basta dar a oportunidade ao usuário de nomear o documento que será gerado. Para isso crie um TextBox na tela e configure-o da seguinte forma:

 

A tela final ficará assim:

 


9. Execução 

Para execução da aplicação vá em Run novamente e em Startup. Selecione o check box de Property Watch e clique em Run Startup.

 

Na janela do Property Watch que se abrirá adicione a tag Temperatura e dê o valor de 11 para ela. Agora pressione Enter como confirmar o valor.

 

Agora na tela da aplicação, coloque o nome do documento como "exemplo" e pressione o botão. A tela ficará desta maneira.

 

Agora vamos achar o documento que foi gerado. O arquivo estará junto com a pasta do projeto. O destino padrão da pasta é C:\BluePlant\Projects. Vá nesse destino e procure pelo arquivo PDF de nome "exemplo".


Ficou com dúvidas? Então clique no botão abaixo e fale com a gente!

ENVIE SUA DÚVIDA

Esta publicação foi relevante para você? Avalie o material para que possamos continuar melhorando.

Clique para gravar a avaliação
Gostou? Então compartilhe



Assine nossa newsletter e saiba tudo sobre automação!

Receba novidades sobre o mercado da automação, nossas soluções e as ações mais recentes envolvendo a Altus diretamente no seu e-mail.