Redundância com AL-2007

O processo de configuração deve seguir as seguintes etapas:

- Definição da arquitetura de referência;

- Instalação elétrica dos CPs de Redundância;

- Criação do projeto PROFIBUS no PROFITool;

- Criação do projeto com Wizard no MasterTool MT4100;


Definição da Arquitetura de Referência



Segue a lista de equipamentos e softwares necessários para instalar e configurar o tutorial:

- 2x Bastidores AL-3635

- 2x Fontes AL-3511

- 2x CPUs AL-2004

- 2x Coprocessador de redundância AL-2007

- 2x Interfaces de rede PROFIBUS AL-3406

- 2x Módulos de entrada digital AL-3116

- 2x Módulos de saídas digitais AL-3201

- Software de programação do CP – MasterTool MT4100

- Software de programação da interface PROFIBUS – PROFITool

- Cabo de comunicação AL-1366

- 2x Cabos de comunicação AL-2300

- Cabo de comunicação AL-2306

- 2x Terminadores de rede AL-2600

- Cabo de comunicação AL-2303

- Conector derivador PROFIBUS AL-2601

- Conector terminador PROFIBUS AL-2602

- Cabeça Remota PROFIBUS PO5063

- Módulo de entradas digitais PO1010

- Módulo de saídas digitais PO2020

- Módulo de saídas analógicas PO2132

- Cabo de programação AL-1715

- Cabo de programação AL-1342



Instalação elétrica dos CPs de redundância

- Para comando e diagnóstico da redundância deverá ser usado um painel com botões que para esse tutorial serão nomeados como:

B1 – Botão amarelo – Serve para colocar o CP1 em estado reserva.

B2 – Botão amarelo – Serve para colocar o CP2 em estado reserva.

B3 – Botão vermelho – Serve para passar o CP1 para o estado inoperante.

B4 – Botão vermelho – Serve para passar o CP2 para o estado inoperante.

H1 – Lâmpada verde – Indica que o CP1 está ativo.

H2 – Lâmpada verde – Indica que o CP2 está ativo.

H3 – Lâmpada amarela – Indica que o CP1 está em estado reserva.

H4 – Lâmpada amarela – Indica que o CP2 está em estado reserva.

H5 – Lâmpada vermelha – Indica que o CP1 está inoperante.

H6 – Lâmpada vermelha – Indica que o CP2 está inoperante.

RL1 – Relé de interface – Desliga a fonte do CP1.

RL2 – Relé de interface – Desliga a fonte do CP2.



Instalação do comando

- Para o comando da redundância será dado sinal nas entradas do módulo AL-3116. Para isso usaremos os quatro pulsadores descritos anteriormente. Eles serão conectados da seguinte maneira:

B1 – Será conectado em E0.1 do CP1.

B2 – Será conectado em E0.1 do CP2.

B3 – Será conectado em E0.2 do CP1.

B4 – Será conectado em E0.2 do CP2.

- Para desernegizar os CPs (individualmente) serão colocados os contatos NF dos relés RL1RL2. Eles serão conectados da seguinte forma:

NF do RL1 – Será conectado em +V da fonte AL-3511 do CP1.

NF do RL2 – Será conectado em +V da fonte AL-3511 do CP2.

- O acionamento dos relés será realizado pelos módulos de saída AL-3201. Portanto as bobinas dos relés serão conectadas:

RL1 – Será conectado em S9.0 do CP1.

RL2 – Será conectado em S9.0 do CP2.



Instalação do diagnóstico

- A redundância utiliza três saídas digitais de cada módulo AL-3201 para diagnóstico. Nas saídas estão conectadas as seguintes cargas:

H1 – Será conectado na saída S8.0 do CP1.

H2 – Será conectado na saída S8.0 do CP2.

H3 – Será conectado na saída S8.1 do CP1.

H4 – Será conectado na saída S8.1 do CP2.

H5 – Será conectado na saída S8.2 do CP1.

H6 – Será conectado na saída S8.2 do CP2.



Instalação das portas de Comunicação

- Os CPs de redundância utilizam as portas REDUND e REMOTE I/O da placa AL-2007 para comunicação entre os bastidores. Os cabos são montados da seguinte forma:
- Conectar o cabo AL-1366 nas portas REDUND dos Coprocessadores de redundância AL-2007.
- Conectar um cabo AL-2300 na porta REMOTE I/O do CP1 e a outra extremidade (anilhas soltas) no terminador AL-2600.
- No CP2 também deverá ser conectado um cabo AL-2300 na porta REMOTE I/O até o segundo terminador AL-2600.
- Os terminadores de rede AL-2600 deverão ser interligados com o cabo AL-2306.
- Os terminadores de rede deverão estar configurados como terminação Alnet II. (Verificar
serigrafia da placa AL-2600 e ajustar as DIP Switches para o símbolo indicado).



Criação do projeto no PROFITool
- Abrir o software PROFITool você irá clicar em File -> New.
- A seguinte janela é apresentada:
- Clicar em OK.
- A janela principal do PROFITool é apresentada:



Inserindo um mestre na rede
- Com a tela principal aberta ir ao menu: Insert -> Master...
- Clicar na primeira posição do barramento.
- A seguinte janela é apresentada:


- Selecionar a opção COM-PB/PKV20-PB e clicar em Add>>
- No campo Description é possível atribuir um nome para o dispositivo mestre. Após clicar em OK.

- Após inserir o mestre da rede é necessário configurá-lo. Para isso dar um duplo-clique em cima do dispositivo Mestre.
- Abrirá a seguinte janela que deverá ser configurada exatamente como abaixo:
- Clicar no botão DP Master Settings e configurar conforme janela abaixo:

- Clicar em OK.



Inserindo um Escravo PROFIBUS
- Para inserir um escravo na rede ir ao menu: Insert -> Slave...
- Selecionar a segunda posição do barramento;
- A seguinte janela é apresentada:

- Nesta janela selecionar o dispositivo escravo (No tutorial foi utilizado o módulo PO5063) e clicar no botão Add>>.
- Após configurar no campo Station address o endereço que o escravo irá assumir na rede. Este endereço não pode ser atribuído a outro escravo, ou seja, cada escravo deve possuir um endereço único.
- No campo Description é possível atribuir um nome ao dispositivo escravo.
- Clicar em OK.
- Após inserir o escravo é necessário configurá-lo. Para isso dê um duplo clique sobre o escravo.
- A janela abaixo será apresentada:
* OBS: Nesta janela não deve ser pressionado o botão DPV1 Settings.... Se o botão for pressionado será necessário refazer o arquivo no PROFITool.
- Para adicionar os módulos no projeto, basta realizar um duplo clique no módulo desejado. O mesmo será incluído na lista abaixo.
- Clicar em OK.



Transferindo o Arquivo .PB para o AL-3406
- Para transferir o arquivo para a interface PROFIBUS é necessário primeiramente salvar o projeto. Ir ao menu: File -> Save.
- O projeto salvo resulta em um arquivo de extensão .PB que deve ser salvo na mesma pasta do projeto do CP.
- Após com os equipamentos desligados, conectar o cabo AL-1715 na porta serial do PC e a outra extremidade (RJ45) na porta CFG da interface PROFIBUS AL-3406 do CP1.
- Alimentar o sistema.
- No PROFITool selecionar o mestre da rede e ir ao menu: Online -> Download...
- Irá aparecer a seguinte tela:
- Clicar em Connect COM 1 para estabelecer a comunicação com a interface PROFIBUS.
- Se o computador não possuir a COM1 selecionar o botão correspondente a porta de seu computador.
- Se o canal serial for aberto com sucesso as informações referentes à placa são apresentadas.
- Marcar o checkbox habilitado conforme imagem abaixo:
- Clicar em OK.
- A seguinte mensagem será apresentada, informando que a comunicação entre mestre e escravo será interrompida durante o processo de download.
- Clicar em Sim. O download deve iniciar.
- Após o envio do projeto para o CP1, repetir o processo de transferência para o CP2.
- Deve ser carregado o mesmo projeto nas duas interfaces PROFIBUS.



Criação do projeto no MasterTool MT4100
- Abrir o MasterTool MT4100.
- Ir ao menu Projeto -> Novo...
- Abrirá a seguinte janela:
- Selecionar a opção Wizard (SIM) e no campo Selecione Wizard marcar a opção: Redundância AL-2007 e AL-3406 Simples.
- Clicar em OK.
- A janela Configurações Iniciais Básicas será apresentada:
- No campo Nome do Projeto selecionar um nome para a aplicação.
- Em Diretório selecionar a pasta destino da aplicação.
- Clicar em OK.
Obs.: Quando criamos um projeto com Wizard, o MasterTool gera todo o ladder e declaração de módulos necessários para iniciar o sistema redundante, sendo necessário apenas alguns ajustes e a criação de um módulo de configuração estendido para a parametrização da rede PROFIBUS. 



Realizando ajustes no Wizard
- Ao iniciar um projeto utilizando o Wizard são criados dois projetos: um para o CP1 e outro para o CP2. Algumas lógicas destes projetos devem ser ajustadas.
- Clicar no menu: Projeto -> Editar...
- Selecionar o módulo P-2007PB.000.
- A lógica 11 desse módulo deverá estar como abaixo:
- Modificar o valor da instrução MOV para KM50.
- A versão do módulo de função F- 3406.085 deverá ser 1.14.
- Para verificar a versão de um módulo clicar no menu: Módulo -> Informações...
- Selecionar o módulo F-3406.085 e clicar em OK.
- Se a versão for acima da versão 1.14, você deverá trocá-lo, usando o módulo de função em anexo com esse tutorial.
- Para adicionar o módulo com a versão 1.14, ir ao menu: Módulo -> Abrir...
- Selecionar o módulo F-3406.085 (v1.14).
- O software irá perguntar se você deseja anexar esse módulo ao projeto e se deseja retirar o anterior, clicar em Sim.



Criando um Módulo de Partida
- Para funcionamento da redundância é necessário criar um Módulo de partida.
- Clicar em Módulo -> Novo...
- Na janela Criar Módulo selecionar a opção Módulo de Partida.
- Clicar em OK.
- A seguinte lógica deve ser adicionada:
- Cada instrução CAB deve ser configurada para carregar as memórias com o valor 0.
- Abaixo janela de configuração da ultima instrução CAB que será a mesma para as demais
instruções.
- Clicar em OK.



Criando um Módulo C Estendido
- Para a configuração da rede PROFIBUS é necessário a criação de um módulo de configuração estendido:
- Clicar em Módulo -> Novo...
- Selecionar a opção Módulo de Configuração Estendido conforme imagem abaixo:

- Clicar em OK.
- A janela Configuração dos Módulos Mestre PROFIBUS será aberta:
- Colocar o nome do arquivo de extensão .PB realizado no PROFITool.
- Clicar no botão LER.
* Importante: O arquivo .PB deve estar na mesma pasta do projeto do MasterTool MT4100 e essa pasta, preferencialmente deve estar na raiz C:
- Será solicitado um operando inicial que receberá as configurações realizadas no PROFITool.
- Nesse tutorial foi utilizado o operando M400.
- A seguinte janela será apresentada:

- Onde:
: Indica o endereço do escravo na rede PROFIBUS.
Tipo: Indica o tipo de módulo. IB (Entradas Digitais), QB (Saídas Digitais), IW (Entradas
Analógicas e QW (Saídas Analógicas)
Tamanho: Quantidade de bytes ocupados pelo módulo.
Operando no CP: Memórias alocadas pelo MasterTool para este módulo.
- Pela declaração do M400 os operando foram alocados da seguinte forma: M400 e M401 – 4 bytes ou 2 Words para as entradas digitais. Cada bit da Word equivale a uma entrada digital.
M402 – 2 bytes ou 1 Word para as saídas digitais (M402.0 á M402.7);
M403 á M406 – 8 bytes ou 4 Words para as saídas analógicas. Cada word equivale a uma saída analógica.
- Na opção PROFIBUS Mestre no campo Posição colocar o valor 1 (um), diferente da configuração inicial que é 0 (zero).
- Após as configurações clicar em OK.



Configurando os operandos de redundância
- Como parte integrante da configuração de uma redundância é necessário parametrizar os operandos que serão redundantes.
- Inicialmente o MasterTool MT4100 aloca todos os operandos como não redundantes.
- Para isto ir ao menu: Edição -> Redundância -> Blocos de redundância...
- A janela Configuração dos Blocos de Redundância configurar os operandos redundantes.
- Na linha 3 é configurado o 1° operando do tipo memória que será redundante na aplicação.
- Na linha 4 é configurada a quantidade de operandos M que serão redundantes na aplicação.



Equalizando os projetos
- Para a igualdade dos dois projetos (CP1 e CP2) devemos equalizá-los.
- Ir ao menu: Edição -> Redundância...
- Irá aparecer a seguinte janela...
- Clicar em Equalizar Projetos CP1 e CP2;



Enviando os projetos para os CPs
Enviando o Projeto 1
- Com a CPU desligada conectar o cabo AL-1342 na porta serial do computador e a outra extremidade ao CP1 (porta ALNET I da CPU AL-2004).
- Energizar a CPU.
- Ir ao menu: Comunicação -> Ler Enviar módulos...
- Selecionar o botão Enviar Todos.
- Fechar a janela

Enviando o Projeto 2
- Desligar as CPUs e desconectar o cabo do CP1 e conectar ao CP2.
- Energizar a CPU e ir ao menu: Projeto -> Abrir...
- Selecionar o Projeto 2.
- Será perguntado se deseja fechar o projeto1, clicar em Sim.
- Ir ao menu: Comunicação -> Ler Enviar módulos...
- Selecionar o botão Enviar Todos.
- Fechar a janela.



Operação da redundância
Resetando os CPs
- Depois de enviar os projetos para os AL-2004 (Projeto do MT4100) e para o AL-3406 (Projeto do PROFITool) sugere-se que todo o sistema seja resetado, ou seja, desligar e religar a alimentação das fontes.

Inicializando os CPs
- Ao alimentar o sistema todas as lâmpadas deverão acender.
- Após alguns segundos o CP1 apaga as luzes de reserva e inoperante permanecendo a luz de estado ativo ligada.
- No CP2 apagam-se as luzes de ativo e inoperante, permanecendo a luz do estado reserva ligada.

Funcionamento dos CPs
- Depois de iniciar é possível colocar o CP2 para ativo.
- Para colocar o CP1 em reserva, pressionar o botão CP1 ESTADO RESERVA por alguns instantes.
- Para passar o CP1 para inoperante deve-se pressionar por alguns instantes o botão CP1 ESTADO INOPERANTE.
* OBS.:
Nenhum CP consegue entrar em reserva se o outro estiver em Inoperante.
Não é possível passar um CP ativo diretamente para Inoperante.
Não é possível passar um CP Inoperante diretamente para ativo.
- Com o CP1 Inoperante podemos passá-lo para ativo:
- Pressionar o botão reserva (do CP1) por alguns instantes.
- Quando o CP1 estiver em reserva pressionar o botão reserva (do CP2) por alguns instantes.
- O CP1 deve passar para ativo.



Manutenção
- Para realizar manutenção no sistema é necessário colocar os CPs em modo Inoperante.
- Depois disso o CP pode ser colocado em modo de programação.
- Quando o CP for passado para execução às lâmpadas de diagnósticos do CP devem acender
(todas) por alguns segundos. Após, somente a lâmpada que indica o estado reserva permanecerá
ligada.


Todas as configurações (inclusive o PROFIBUS) devem estar corretas para o funcionamento completo da redundância. As configurações referenciadas nesse tutorial foram testadas e garantem o funcionamento da redundância.

Ficou com dúvidas? Então clique no botão abaixo e fale com a gente!

ENVIE SUA DÚVIDA

Esta publicação foi relevante para você? Avalie o material para que possamos continuar melhorando.

Clique para gravar a avaliação
Gostou? Então compartilhe



Assine nossa newsletter e saiba tudo sobre automação!

Receba novidades sobre o mercado da automação, nossas soluções e as ações mais recentes envolvendo a Altus diretamente no seu e-mail.