Petrobras inicia produção da P-69

Petrobras inicia produção da P-69

24 Out 2018

A P-69, uma das plataformas replicantes da Petrobras automatizadas pela Altus, teve seu processo de produção iniciado na última terça-feira (23) à noite. Com capacidade para produzir até 150 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhões de m³ de gás natural por dia, a unidade está operando no Extremo Sul do Campo de Lula, região da Bacia de Santos no Pré-sal. Localizada a aproximadamente 290 km da costa do estado do Rio de Janeiro, em profundidade d’água de 2.150 metros, a FPSO (sigla em inglês para Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência) se tornou a oitava unidade instalada no local. 

Conforme a Petrobras, a P-69 irá produzir por meio de oito poços produtores, tendo também sete poços injetores. A plataforma contribuirá para o aumento da produção da Petrobras no horizonte do Plano de Negócios e Gestão 2018-2022.

Pré-sal segue em alta

De acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo), em março a produção do Pré-sal totalizou 1,745 milhão de boe/d, uma redução de 1% em relação ao mês anterior. Foram produzidos 1,396 milhão de barris de petróleo por dia e 55 milhões de metros cúbicos diários de gás natural por meio de 83 poços. Com estes últimos números, as unidades da região já respondem por 54% de todo o óleo produzido no Brasil.