Panorama do mercado industrial no cenário pós-crise e a nova realidade do profissional de vendas

Panorama do mercado industrial no cenário pós-crise e a nova realidade do profissional de vendas

26 Abr 2018

Enfim, chegamos a 2018 com melhores expectativas para os negócios. Em tratando-se de Brasil, crises não são uma novidade. Depois de um período de relativa estabilidade, nos últimos três anos vivenciamos uma das piores recessões da nossa história. Porém, mesmo que lentamente, o ambiente de negócios vai reagindo e, com isto, novas oportunidades vão surgindo. Estas boas expectativas provêm do cenário econômico de inflação e taxa de juros baixa, entretanto, o desemprego e a falta de investimentos preocupam e ainda não apontam para uma perspectiva clara de recuperação.

Também chegamos aqui após um número expressivo de empresas e organizações terem passado por reestruturações, umas mais fortes, outras mais leves, mas todas buscando reduzir seus custos, suas estruturas e, por fim, seus quadros de profissionais.

Nova realidade do profissional de vendas

Assim, diante deste panorama o ambiente de negócios tem se tornado mais difícil e as práticas comerciais vêm sendo afetadas. Somando os efeitos desta crise às dificuldades cotidianas, a vida do profissional de vendas se tornou mais tensa, exigindo muita competência deste. A prática comercial, que já é de muita transpiração, passa a ser ainda mais intensa, pois cada venda tende a demandar mais tempo. Este cenário leva o profissional a investir boa parte do seu dia em entender melhor as necessidades do cliente, o que requer que ele esteja mais próximo e aprenda profundamente sobre o seu negócio, isto tudo para propor uma solução com um custo que caiba nos enxutos orçamentos e traga resultados claros. Além disso, ele ainda tem que se preocupar com a concorrência, que também vai estar por lá, se esforçando tanto quanto ele. 

Todos estes detalhes demandam muita dedicação, planejamento e relacionamento, sendo este último muito desafiador, ainda mais nos dias de hoje, em que o tempo é muito concorrido, principalmente o de quem decide. Nesta realidade, o relacionamento construído ao longo de anos pode desaparecer de uma hora para outra devido à alta rotatividade que ocorre em muitas organizações, o que leva a necessidade de investir ainda mais tempo e dedicação para reconstruir a relação perdida.

Enfim, esse é o contexto da prática comercial atual. Não basta simplesmente oferecer produtos e serviços com bons preços, bons prazos e de excelente qualidade, é necessário oferecer soluções que realmente surpreendam seus clientes, que tragam inovações e que agreguem valor aos seus negócios, e que isto tudo possa ser percebido por seus stakeholders.

A retomada da economia nacional e a atuação da Altus

Especialistas dizem que o Brasil só deve regressar ao nível pré-crise em 2020, ou depois. É lá que queremos chegar, mais fortes e preparados para atender as novas demandas que irão surgir. 

Em um mundo onde a única certeza é a mudança, novas tecnologias e novos produtos vão surgir para resolver problemas que ainda nem sabemos que temos. Para não perder o embalo que a nova revolução industrial tem causado, é importante estarmos sempre planejando, aprendendo e agindo em cima de nossos erros e acertos. 

Nós, da Altus, começamos 2018 com o pé no acelerador, fazendo nosso encontro de vendas ainda no final de 2017. Nos preparamos para encarar os desafios deste ano com muito esforço e a convicção de que as soluções que criamos agregam valor a nossos clientes, porém, sem deixar que esta ideia nos cegue para a necessidade de evolução constante. Estamos cientes de que precisamos trabalhar muito para provar este valor na prática, entregando produtos, serviços e sistemas funcionais que possam gerar valor em processos de cada um dos segmentos que atuamos.

Marcelo Carniel, Gerente Comercial

Sobre o autor
Marcelo Carniel começou sua trajetória na Altus como Técnico Eletrônico, em 2000, e, desde então, desenvolveu sua carreira na área comercial, passando pelos cargos de Orçamentista, Coordenador de Orçamentos e Gerente de Negócios. Hoje, ocupa a posição de Gerente de Desenvolvimento de Negócios na Região Sul, liderando as equipes de Suporte Técnico e Orçamentos da empresa.