Altus participa de iniciativa internacional para fomento do desenvolvimento tecnológico

Altus participa de iniciativa internacional para fomento do desenvolvimento tecnológico

15 Mar 2021

Aqui na Altus, somos entusiastas da tecnologia e completamente fascinados pelas possibilidades que ela traz à indústria e à sociedade. Por isso, buscamos estabelecer relacionamentos de colaboração mútua com diferentes instituições que, assim como nós, também valorizem a inovação e sejam agentes de fomento do desenvolvimento tecnológico. Recentemente, engajamos em mais uma iniciativa com este viés, um projeto internacional que tem o objetivo de impulsionar o processo de desenvolvimento colaborativo em diferentes setores da economia mundial.

Para começar a falar sobre o assunto, precisamos voltar a outubro de 2019. À época, nosso presidente Ricardo Felizzola estava em Biel, na Suíça, participando do 2º International Smart Factory Summit, evento criado para discutir estratégias de implementação de fábricas inteligentes em todo o mundo. A ocasião propiciou o primeiro aperto de mãos com Dominic Gorecky, CEO da Swiss Smart Factory, instituição de fomento à pesquisa e desenvolvimento aplicados ao setor de tecnologia suíço. 

Nesse evento, neste exato dia, foi fixada a pedra fundamental para o começo do projeto. Por quê? Bem, hoje, Altus e Swiss Smart Factory são dois dos órgãos envolvidos na iniciativa suíço-brasileira de fomento à inovação.

Visita Felizzola na Smart Factory SummitVisita do presidente Ricardo Felizzola à Swiss Smart Factory

Sobre a colaboração Suíço-Brasileira

Segundo o presidente Felizzola, um dos objetivos do processo de internacionalização da Altus é o de “manter contato com entidades de países que sejam líderes na inovação”. Além de ser um dos países que mais investem em pesquisa e desenvolvimento, cerca de 3% do PIB, a Suíça também tem um alto índice de gastos com educação, chegando a 5,6% do PIB. Investimentos generosos como esses criam um ecossistema eficiente de educação, pesquisa e inovação, o que leva o país a figurar como o líder do ranking mundial de inovação

Esse estruturado processo de pesquisa em conjunto com a criatividade e o capital intelectual dos profissionais brasileiros criam o ambiente perfeito para empreendimentos de incentivo à inovação.

A iniciativa surgiu de um edital lançado em 2020 pela Innosuisse, agência de inovação ligada ao governo da Suíça, em parceria com a Embrapii, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Nele, foram propostas parcerias de desenvolvimento tecnológico entre ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia) e empresas brasileiras, em conjunto com ICTs e empresas suíças. Por já terem um relacionamento solidificado durante o Summit de 2019, Altus e Swiss Smart Factory se uniram para submeter um projeto e foram selecionados!

A tecnologia por trás do projeto

O projeto apresentado prevê a criação de um equipamento de automação que poderá ser utilizado para análise de dados e predição de cenários nos mais variados ambientes industriais.

“O produto é um projeto bem elaborado que envolve inteligência artificial, predição de falhas em máquinas rotativas, atuação a distância em protocolos de posta em marcha e teste de produtos inteligentes”, explica Felizzola.  

Pelo lado suíço, além da Swiss Smart Factory, que atuará como ICT, participarão do projeto também as empresas Cencerus e MyLive Zone. Já pelo lado brasileiro, o Instituto Senai de Inovação e Tecnologia, de São Leopoldo/RS, será o ICT parceiro da Altus no desenvolvimento do dispositivo.

Para que essa execução conjunta seja possível, será utilizada uma metodologia de desenvolvimento remoto em todas as etapas do processo de inovação. O recurso, criado pela MyLive Zone, permite que engenheiros e projetistas em diferentes localidades acessem um mesmo equipamento e elaborem soluções de forma colaborativa e totalmente remota.

Esse esforço, sem precedentes no cenário da automação industrial, é mais uma mostra de toda a força da marca Altus e da grande capacidade de inovação do time de colaboradores da organização! “A iniciativa irá ajudar a Altus a cumprir seu objetivo fundamental ao iniciar a internacionalização, que é o de estar no edge da inovação mundial”, destaca Felizzola.

Ao engajar neste projeto, compartilhado com entidades suíças de alto índice inovativo, a empresa consolida seu posicionamento como um dos principais fornecedores mundiais de tecnologia para a indústria

As entidades participantes

Innosuisse

Innosuisse é a agência suíça de fomento da inovação. O órgão tem como missão promover a inovação de base científica para aplicação em melhorias de interesse da indústria e da sociedade e, assim, fortalece a competitividade das pequenas e médias empresas (PMEs) no país.

Embrapii

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação. Seu objetivo é estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas tanto no mercado interno como no mercado internacional.

Swiss Smart Factory 

A Swiss Smart Factory é a primeira plataforma de teste e demonstração para a Indústria 4.0 na Suíça. Sua visão é tornar-se um centro reconhecido internacionalmente pela competência em pesquisa de soluções para a Indústria 4.0. O objetivo da iniciativa é criar um ecossistema de parceiros através do qual inovações e novas tecnologias para Indústria 4.0 possam ser desenvolvidas.

SENAI

Parceiro de longa data da Altus, o Instituto SENAI de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica (ISI SIM) é uma unidade credenciada pela EMBRAPII que atua, principalmente, em projetos de inovação e pesquisa aplicada para o aumento da produtividade e competitividade da indústria brasileira. 

MyLive Zone 

Pioneira na área de acesso remoto industrial na Suíça, a MyLive Zone atua no desenvolvimento de plataformas tecnológicas abertas com recursos plug-and-play para digitalização e controle remoto de equipamentos industriais. A organização lidera o cenário mundial de treinamento remoto para operação de equipamentos industriais.

Cencerus

A empresa atua no mercado de desenvolvimento de softwares E2E para Indústria 4.0, fornecendo soluções inovadoras para aplicações IoT. A Cencerus fará a integração entre softwares durante as fases de desenvolvimento remoto do projeto.