CPUs Altus contam com protocolo EtherNet/IP

CPUs Altus contam com protocolo EtherNet/IP

17 Ago 2017

Consolidados no mercado nacional e com cada vez mais penetração no cenário internacional, os controladores programáveis da Série Nexto são a peça-chave responsável por manter em operação negócios em diferentes áreas da indústria. Além de recursos avançados e da alta tecnologia embarcada em sua variada oferta de produtos, a família de controladores da Altus também se destaca pela ampla gama de protocolos de comunicação com os quais trabalha. Estes diferenciais, aliados a recursos como troca a quente e alta velocidade, fazem do Nexto um dos controladores mais versáteis do mercado mundial de automação.

Através das portas integradas nas CPUs e interfaces de comunicação, todos os módulos da Série oferecem suporte de hardware e software aos protocolos de rede de campo mais tradicionais, como MODBUS RTU, MODBUS TCP, MODBUS RTU/TCP, PROFIBUS-DP, EtherCAT, OPC DA, OPC UA e MQTT. Apenas estas opções já dariam à família Nexto a possibilidade de ser utilizada na maioria dos sistemas de automação existentes. Porém, para dar mais liberdade de desenvolvimento e contemplar mercados que utilizam padrões de comunicação diferenciados, as CPUs da série agora contam com EtherNet/IP.

Protocolo mais utilizado em redes Ethernet industriais, o EtherNet/IP conecta o controlador Nexto a demais dispositivos de campo que falem a mesma linguagem, como drives, balanças, sensores e multimedidores. Por se tratar de um protocolo do tipo Publisher Subscriber, a utilização do EtherNet/IP reduz drasticamente o tráfego de dados na rede, o que resulta em um considerável ganho de velocidade.

Hoje, o EtherNet/IP Scanner e Adapter estão disponíveis em todos os modelos de CPU: NX3003, NX3004, NX3005, NX3010, NX3020 e NX3030. As CPUs da família Nexto Xpress suportam EtherNet/IP Scanner: XP300, XP315, XP325 e XP340.

Os clientes que já possuem controladores da família Nexto recebem esse recurso de forma gratuita, apenas atualizando as versões de firmware e MasterTool IEC XE. Dentre várias aplicações em funcionamento, destaca-se uma das principais empresas de agronegócio e alimentos do Brasil, onde máquinas da unidade de Gaspar/SC, responsáveis pelo envase de margarina, utilizam EtherNet/IP como linguagem de comunicação entre a CPU mestre e as balanças, drivers e demais dispositivos do processo.