Profissional do futuro: Você está preparado para os novos desafios?

Profissional do futuro: Você está preparado para os novos desafios?

06 Ago 2020

Ao longo dos últimos anos, o mundo do trabalho tem passado por uma constante transformação e, a cada dia, as mudanças serão mais rápidas, o que reflete tanto no mundo corporativo quanto na vida dos profissionais. Estamos vivenciando na prática o significado do mundo V.U.C.A. Esta expressão surgiu em meio ao exército, nos anos 90, para definir os possíveis cenários que seriam encontrados, momentos em que os soldados teriam que tomar decisões em um ambiente Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo.

Diante de tantas transformações, todos os anos, o Fórum Econômico Mundial divulga um relatório chamado "The Future of Jobs Report", que traz as tendências do mundo do trabalho e as competências que mais serão demandadas para o profissional do futuro. 

No último encontro em Davos, foram citadas 10 competências que são consideradas essenciais para os profissionais do futuro até 2022 (percebam que é daqui a apenas dois anos): 

  1. Pensamento analítico e inovação
  2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizagem
  3. Criatividade, originalidade e iniciativa 
  4. Projetos e programação de tecnologia
  5. Análise e pensamento crítico
  6. Resolução de problemas complexos
  7. Liderança e influência social
  8. Inteligência emocional
  9. Raciocínio, resolução de problemas e ideação 
  10. Análise e avaliação de sistemas

Neste artigo, vamos falar sobre 3 competências que entendemos ser muito importantes. Nele, vamos entender como podemos avaliar se temos estas atitudes e comportamentos ou se precisamos desenvolvê-las.

Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizagem

Lembra do tempo que você finalizava o curso técnico ou superior, pegava o seu diploma e podia ficar tranquilo? Pois é, este tempo passou e não existe mais. O profissional do futuro precisa ser responsável pela sua carreira e seu constante desenvolvimento. Não espere que a empresa ou seu líder faça isto por você! Você é responsável pelo seu desenvolvimento. Esteja preparado para aprender, desaprender e reaprender novamente. O que sabemos hoje é que, com a velocidade das mudanças, amanhã pode ser diferente e você vai ter que se readaptar.

Outro ponto importante que destacamos para reflexão sobre esta competência é: quais fontes você tem encontrado para ampliar seus conhecimentos? Existem muitas formas de aprender e se desenvolver, não fique limitado ao aprendizado da sala de aula. Podemos nos desenvolver através de viagens, palestras, grupos de estudo, trabalho voluntário, podcasts, blogs, ou seja, existem muitas formas interessantes e gratuitas para aprender, basta ter atitude e querer.

Criatividade, originalidade e iniciativa

Se você pesquisar vagas e oportunidades de trabalho agora vai perceber que a maioria das empresas vai colocar como um dos requisitos a criatividade. As organizações estão buscando pessoas que tenham um olhar diferenciado, que resolvam problemas complexos com criatividade, originalidade e iniciativa. Ou seja, pessoas que agreguem valor as suas atividades. 

Se você está fazendo seu trabalho e entregando apenas o que te pedem, cuidado! Será que não dá para fazer melhor?  O que você pode agregar de diferente no que faz hoje, que vai ser um diferencial para você como profissional? Mude o seu foco: Em vez de ver apenas problemas, procure enxergar as oportunidades! É ai que fica a sua chance de utilizar a criatividade para mostrar seu diferencial.

Inteligência emocional

O autoconhecimento nos dá ferramentas  importantes para nossa atuação como profissionais e como pessoas na sociedade. Conhecer nosso perfil comportamental, nossas forças, oportunidades de desenvolvimento, emoções e gatilhos, sabendo gerenciar tudo isto, faz muita diferença nas relações interpessoais.

Esta competência vai ser cada vez mais solicitada nas empresas, para todos os níveis da organização, não somente para a liderança, pois tudo que acontece é através das pessoas e para as pessoas, logo:  entender de emoções e sentimentos vai ser essencial para todos nós em qualquer profissão.

E para finalizar, fique tranquilo, muitas mudanças ainda vão ocorrer, algumas profissões vão deixar de existir, mas muitas outras vão surgir, exigindo nossas melhores habilidades. Que bom que atividades manuais e repetitivas tendem a desaparecer, isso nos move para o desenvolvimento e vamos nos superar como seres pensantes e criativos. Quem pensa que a inteligência artificial veio para substituir o ser humano, mude o seu ponto de vista! A IA  veio para agregar valor e nos libertar para atividades e profissões que nos tornem pessoas mais felizes e realizadas.


Luis Gustavo Schabarum

Sobre a autora:

Clarice Canabarro entrou para a família Altus em 2012, como Assistente de Pessoal da equipe de Recursos Humanos e, desde então, tem desenvolvido sua trajetória na empresa. Hoje, ocupa a posição de Especialista em RH e é responsável pelo planejamento das ações de Comunicação Interna e Desenvolvimento Profissional dos colaboradores da Altus.