CLP Altus ganha entrada analógica com suporte a HART

CLP Altus ganha entrada analógica com suporte a HART

02 Fev 2020

Com mais de 50 itens em sua cesta de produtos, a Série Nexto oferece soluções que proporcionam segurança e alta produtividade para as mais variadas demandas da indústria nacional e internacional. Depois de lançar o CLP XP340, modelo da solução Nexto Xpress com suporte a WebServer, a tradicional família de controladores programáveis da Altus agora ganha um novo item para agregar ainda mais conectividade as suas aplicações. Conheça o NX6014, novo módulo de entrada analógica com HART!

O novo integrante da Série Nexto possui 08 entradas analógicas de corrente com suporte ao protocolo de comunicação HART configuráveis individualmente. Através delas é possível realizar a leitura de sinais oriundos dos instrumentos de campo responsáveis por controlar variáveis de processo como pressão, temperatura, vazão, entre outras. Estes sinais carregam dados importantes para medição da vida útil dos instrumentos, informações utilizadas por sistemas de gerenciamento de ativos para predizer falhas futuras e programar ações de manutenção antes que possíveis problemas venham a ocorrer.

Confira no Blog I&A um artigo que preparamos sobre o que é e para que serve o protocolo HART.

Sistemas de gestão de ativos

O gerenciamento de ativos é uma poderosa ferramenta que permite, dentre diversas ações, realizar a leitura das variáveis de processo, obter diagnósticos, parametrizar e calibrar instrumentos de campo. Com o recurso é possível predizer falhas devido às informações armazenadas no histórico dos ativos, o que significa que a equipe de manutenção pode atuar na causa (manutenção preditiva) e não somente no efeito (manutenção corretiva). Isso é extremamente importante, pois se poderá planejar uma manutenção sem que haja a necessidade de paradas na produção.

Para que o sistema de gestão – instalado em um computador conectado à rede de automação – possa receber e processar os dados coletados pelo módulo NX6014 junto aos instrumentos de campo, é preciso utilizar um padrão de comunicação compatível com os padrões do mercado. A tecnologia escolhida para ser utilizada pelo novo módulo HART da Série Nexto foi a Device Type Manager (DTM), padrão com arquitetura aberta criado por um conglomerado de empresas em 2009. Este sistema permite aos fabricantes de instrumentos e de CLPs desenvolverem "drivers" que atuam na comunicação entre as ferramentas de gestão de ativos e os equipamentos em campo.

Clique aqui para fazer o download do artigo GESTÃO DE ATIVOS APLICADO EM PLATAFORMA DE PETRÓLEO.

Como utilizar o módulo NX6014

Para que o NX6014 possa ser utilizado em uma aplicação de automação e configurado em um sistema de gestão de ativos é preciso atentar para dois pontos:

  • O módulo está apto a operar em bastidores que possuam uma CPU da Série Nexto, portanto, é preciso que ele esteja conectado diretamente a uma unidade NX3003, NX3004, NX3005, NX3010, NX3020 ou NX3030;
  • Também é necessário instalar o programa de comunicação que contém as bibliotecas DTM do modelo, disponível para download no site da Altus.

No processo, o módulo coleta os dados junto aos instrumentos de campo e interpreta os sinais HART recebidos, converte para o padrão DTM e redireciona-os para a CPU instalada no bastidor. Ao receber as informações, a CPU utiliza sua interface Ethernet conectada à rede para transmitir as informações ao computador onde está instalado o sistema de gerenciamento de ativos. Para processar estes dados de forma correta, além de ter instalado o software DTM do NX6014, o sistema de gestão também precisará das bibliotecas de cada um dos instrumentos monitorados em campo.