FBs - Supervisório Indusoft

1    Descrição da Aplicação

Este tutorial descreve a utilização do Supervisório Indusoft com CPs da Série FBs.

O objetivo principal é orientar a configuração do supervisório para a comunicação com os CPs da Série FBs através do protocolo proprietário.

Lembrando que o driver para comunicação entre o supervisório e o CP é fornecido pelo fabricante do software (Indusoft).

Para o entendimento total do funcionamento dos equipamentos é recomendado que os manuais dos produtos sejam consultados. A mesma recomendação aplica-se caso seja necessário modificar a arquitetura proposta como exemplo.

O processo de configuração deve seguir as seguintes etapas:

- Definição dos parâmetros de comunicação, como velocidade, paridade, stop bits, data bits e porta serial;

- Configuração da porta serial do supervisório;

- Configuração da porta serial do CP Altus.

Neste tutorial, adota-se uma arquitetura de referência, do tipo ponto-a-ponto com um mestre e um escravo, como descrito na próxima seção. Esta arquitetura não é fixa, mas apenas um exemplo para o desenvolvimento de uma aplicação.


2    Definição da Arquitetura de Referência

Itens utilizados para a construção da arquitetura de exemplo deste tutorial, lembrando que esta arquitetura é de referência, podendo ser modificada conforme desejado.


Segue a lista de equipamentos e softwares necessários para instalar e configurar o tutorial:

- CP – FBs 24MC

- Supervisório – Indusoft

- Cabo de programação – FBs-232PO-9F-150

- Software de Programação do CP – WinProladder

- Cabo de comunicação – AL-1754


3    Criação do projeto no supervisório

- Abrir o software Indusoft.

- Ir ao menu: File -> New. A área de trabalho será apresentada.


3.1    Inserindo o Driver Fatek

- Para inserir o drive vá ao menu: Connection -> Drives.


- Em seguida selecionar o drive: FATEK FALCON PLC clicar no botão Select.


- Após selecionar o driver é necessário configurá-lo. Para isto clicar com o botão direito sobre a pasta FATEK e selecionar a opção Settings.


- Use as informações da tabela abaixo para definir o tipo de variáveis que serão lidos ou escritos para o dispositivo e uma referência ao endereço inicial. Neste exemplo esta configurada a leitura/escrita de memória, R.



3.2    Criando novas telas

- Para criar novas telas ir à aba Grafics -> Insert.

- A seguinte tela será aberta onde se devem estabelecer os parâmetros como dimensões, borda e nível de segurança.


- Clicar em OK.


3.3    Criando objetos: BarGraph

- Este objeto serve para visualizar de maneira proporcional o valor de um registrador.

- Para inserir este objeto clicar no ícone abaixo destacado em vermelho:


- Clicar sobre o objeto para configurar o tag.


- Adicionar o Tag desejado e determinar o valor mínimo e máximo a serem visualizados.


3.4    Criando objetos: Text I/O

- Este objeto serve para ler e escrever valores nas memórias.

- Para inserir este objeto clicar no ícone abaixo destacado em vermelho:


- Clicar sobre o objeto para configurar o tag.


- Adicionar o Tag referente e determinar o valor mínimo e máximo a ser escrito.


3.5    Criando Objetos: Comand

- Este objeto serve para forçar valor de saída e/ou auxiliar.

- Para inserir este objeto clicar no ícone abaixo destacado em vermelho:


- Clicar sobre o objeto para configurar o tag.


- Determinar o tipo de função do botão e estabelecer o tag.


3.6    Criando Objetos: Colors

- Este objeto serve para monitorar um bit. Este objeto se estende as variáveis do tipo Word, podendo adotar diferentes faixas de indicação.

- Para inserir este objeto clicar no ícone abaixo destacado em vermelho:


- Clicar sobre o objeto para configurar o tag.


- Determinar o tag de controle e estipular os valores que serão adotados pela variável.

- Após as configurações a tela de visualização do supervisório deve ficar semelhante à imagem abaixo:



3.7    Configuração da porta serial

- A configuração do canal serial do computador supervisório irá utilizar para comunicar com o CP é realizada na opção: Conection -> Drive -> Fatek -> Settings.


- Configurar os parâmetros de comunicação como velocidade, paridade e stop bits, conforme imagem acima.


4    Criação do projeto no CP

4.1    Criando um projeto novo

- Abrir o software WinProladder.

- Criar um projeto novo. Ir ao menu: File > New Project


- Na janela Criar Novo Projeto configure conforme desejado. Onde:

Project Name: Inserir um nome para o projeto.

Model Name: Modelo de FBs utilizado. É possível alterar o modelo utilizando o botão EDIT.

Description: Descrição do Projeto.

Calendar: Utilização de calendário.

- Clicar em OK.


4.2    Colocando o FBs em Modo On-Line

- Para ter acesso aos parâmetros das portas de comunicação é necessário o CP estar em modo OnLine.

- Ir ao menu: PLC -> On-Line.

- A seguinte tela será aberta:


- Onde:

Calendar: Utilização de calendário.

Connection Name: Nome da conexão. Neste campo já existem algumas opções pré definidas.

Details: Parametros de comunicação ( Baud Rate, Paridade, Data Bit, Stop Bit ).

Botão EDIT: Permite a edição dos parâmetros de comunicação.

Auto Check: Faz uma verificação automática da velocidade do canal serial.

ADD: Adicionar uma nova conexão.

- Clicar em OK.

- Selecionar a porta serial do computador que será utilizada para comunicar com o FBs.

- Para selecionar a porta serial clique em EDIT.

- No campo Port No selecionar a COM do PC utilizada e clicar em OK.


- Na janela On-Line selecionar o botão Auto Check. A seguinte tela sera apresentada:


- Clicar em OK.

- Quando o WinProladder localizar o FBs uma mensagem sera apresentada:


- Clicar em Sim.

- O software vai realizar uma varredura tentando conectar ao CP. À medida que os passos são processados com êxito o seguinte símbolo é mostrado:


- Ao final de todos os passos, uma janela com as informações do CP é apresentada:


- Clicar em OK.


4.3    Configurando o Canal serial do FBs.

- Para configurar os parâmetros do canal serial que vai realizar a comunicação com o Supervisório vá ao menu: PLC -> Setting -> Port " X". Exemplo: Port 1 Parameter. Esta tela será apresentada:


- A seguinte tela será apresentada:


- Selecionar os parâmetros de comunicação conforme configurados no Supervisório. É importante que estes parâmetros sejam idênticos, caso contrário a comunicação não ocorrerá.


4.4    Configurando o endereço do FBs

- Para configurar o endereço do CP vá ao menu: PLC -> Settings -> Station Number.


- Configurar o endereço do FBs conforme parametrizado no Supervisório.

- Clicar em OK.


4.5    Colocando o FBs em modo RUN

- Configurados os parâmetros de comunicação é necessário colocar o FBs em modo RUN para que ocorra a comunicação.

- Vá ao menu: PLC -> Run PLC.


- A janela de confirmação para colocar o CP em modo RUN é apresentada. Clicar em Sim.


- O led RUN do CP deve começar a piscar rapidamente.


5    Conectando os equipamentos

- Com o CP desligado conectar o cabo AL-1754 na porta Port 1 do FBs e a outra extremidade na porta serial do computador.

- Energizar o CP e aguardar o mesmo entrar em modo RUN.

- Abrir o Supervisório Indusoft e rodar a aplicação.

- A comunicação deve ser iniciada. Os leds da porta de comunicação utilizada devem piscar rapidamente.

- Após a configuração será possível escrever em variáveis do tipo R (Registrador) e Y (Saídas Digitais).


6    Cuidados

- Deve-se atentar para as configurações da porta serial, como velocidade, paridade e número de stop bits. As mesmas configurações impostas ao CP devem ser impostas ao supervisório, não devendo haver discordância em nenhum item, de modo à comunicação funcionar corretamente.

Ficou com dúvidas? Então clique no botão abaixo e fale com a gente!

ENVIE SUA DÚVIDA

Esta publicação foi relevante para você? Avalie o material para que possamos continuar melhorando.

Clique para gravar a avaliação
Gostou? Então compartilhe



Assine nossa newsletter e saiba tudo sobre automação!

Receba novidades sobre o mercado da automação, nossas soluções e as ações mais recentes envolvendo a Altus diretamente no seu e-mail.