Utilizando a saída de pulso do PH

Neste tutorial estão descritas orientações e procedimentos para utilizar a saída de pulso do multimedidor de energia PH.


Componentes

 

Software:

Mastertool IEX XE 3.31

 


CLP:

XP340


Seções do Tutorial

1. ARQUITETURA

2.    DESENVOLVIMENTO

   2.1. Definindo a entrada rápida

   2.2. Configuração de IP no PH

   2.3. Configurações de pulso

   2.4. Configuração das saídas de pulsos


_____________________________________________________________________________________________


1. ARQUITETURA

Na arquitetura deste tutorial é importante ressaltar duas ligações:

• Ligação física da alimentação e da saída de pulso:

Obs.:

A conexão no CLP deve ser em uma entrada rápida.

A fonte mostrada na imagem acima para conexão do PH é externa.

• Ligação UCP e computador:

Nesta arquitetura será utilizado um cabo NX92xx para interligar o computador à UCP da Série Nexto Xpress modelo XP300. A porta Ethernet da UCP conecta-se com a porta Ethernet do computador.



2. DESENVOLVIMENTO

Neste tutorial serão mostrados os passos para utilizar a saída de pulso de um multimedidor de energia elétrica da Série Phase.

Vale ressaltar a importância de ter em mãos o Manual da Série Nexto e o Manual da Série Phase permitindo a consulta nas etapas da aplicação. Esse documento irá lhe orientar sobre as características técnicas, instalação mecânica e elétrica, programação, configurações e futuras manutenções.


2.1 Definindo a entrada rápida

Para definir a entrada rápida na qual será conectada o PH, devemos observar a seguinte tabela:


Como iremos realizar a contagem dos pulsos é necessária entrada com essa função. Portanto, a conexão será feita na entrada rápida I02, responsável pela contagem.

Com um projeto criado no Mastertool IEC XE, dê dois cliques em Integrated I/O e na aba Entradas Rápidas configure como na figura abaixo:



2.2. Configuração de IP no PH

Primeiro, energize o PH e acesse o menu pressionando as teclas I e P simultaneamente e digite a senha de acesso que no primeiro acesso é “0000”. A senha é hexadecimal, sendo utilizada a tecla I para aumentar um dígito, a tecla U para diminuir um dígito e a tecla P para passar o cursor para a próxima posição. Após digitar a senha, pressione a tecla “Enter” para confirmar.

Pressione a tecla M até chegar na configuração “NET SYS” e então pressione “Enter”. 


Pressione M novamente até chegar no endereço de IP. Esse IP deve estar na mesma faixa que o computador e o CLP.


2.3. Configurações de pulso

Primeiro, acesse o software PH3101, clique em Ethernet e selecione LAN. Após isso, clique em Search e o endereço de IP do PH em uso deve aparecer. Selecione o PH e vá na tela de configuração.


As configurações devem estar conforme a imagem abaixo:


Após as configurações feitas no software PH3101, devemos realizar a programação no Mastertool IEC XE com os cálculos para configurar a saída.

Os valores acima foram alterados para fins de teste. TC foi definido em 6500, seu valor máximo, pois se trata do fator multiplicador de corrente. Pulse (Constante de pulso), foi definido no valor de 2000. Já PulseWide (Largura de Pulso) foi definido em 100ms, seu valor máximo.

Os respectivos valores destes itens foram definidos levando em conta uma carga pequena, estando conectado à rede 220V e buscar um teste rápido. O usuário poderá fazer modificações dependendo da carga que estará utilizando.


2.4. Configuração das saídas de pulsos

Depois do PH conectado ao CLP, energizado e configurado no software PH3101, iremos configurar as saídas de pulsos. Para isso, a programação no Mastertool IEC XE será feita de acordo com as fórmulas abaixo:


O Consumo_Energia_total pode ser obtido após seguir o tutorial “Série Phase - Comunicar Energia Ativa Total com Nexto via Modbus RTU”.


As variáveis TC, TP e Constante_pulso possuem valores pré-defindos, conforme item 2.3. Configurações de pulso.


1) Podemos obter o consumo de energia em MWh

2) Podemos obter o número de pulsos por hora

3) Caso o resultado do cálculo de pulsos por hora seja diferente de 0, podemos obter a duração do pulso em segundos

4) Podemos obter o consumo de energia por pulso em kWh

5) Caso a entrada I02 esteja em nível lógico 1, ou seja, receba um pulso, será calculado o consumo de energia do CLP


6) Esta lógica feita na StartPrg é responsável por garantir que o primeiro cálculo feito em “Consumo_CLP” seja diferente de 0

Os itens 5 e 6 englobam o contador de consumo dos pulsos na entrada rápida do CLP. Para medir os pulsos na entrada I02 do CLP de maneira correta, é necessário certificar que a largura de pulso seja coincidente à duração do pulso, uma vez que se a largura for maior que a duração, irá contar mais de um pulso. 

Com a programação e a comunicação feitas, ao colocar a aplicação em Run podemos monitorar as saídas de pulso.


ARQUIVO BAIXAR
Projeto PH Português

Ficou com dúvidas? Então clique no botão abaixo e fale com a gente!

ENVIE SUA DÚVIDA

Esta publicação foi relevante para você? Avalie o material para que possamos continuar melhorando.

Clique para gravar a avaliação
Gostou? Então compartilhe



Assine nossa newsletter e saiba tudo sobre automação!

Receba novidades sobre o mercado da automação, nossas soluções e as ações mais recentes envolvendo a Altus diretamente no seu e-mail.